Secretarias

Subprefeituras

Conselhos Municipais

A Cidade

A+

A-

Hino a Caxias

Quando o dia sorrindo amanhece
E o sol beija-te a face risonha
Toda a terra de amor estremece
Ao bater de teus malhos* ... é a luta
De teu povo incansável e obreiro
Que os desígnios de Deus executa.

Em teus vinhos, ó seiva bendita
Do teu solo de imensa riqueza
Vejo a esplêndida glória infinita
Que em teu seio divino se encerra
A exaltar o valor desta terra
De tão nobre, excelsa beleza.

Junto ao Campo dos Bugres surgiste
Carreteando o progresso aos penhascos
E qual marco bagual lança em riste
Deste ao pago do sul, nobre exemplo
E se a Igreja da raça erigirem
Tu serás o altar deste templo.

Fruto são do esforço imigrante
Aliado ao esforço nativo
Te levanta, Caxias vibrante
Aos clarins do progresso e da fama
Porque a glória é o sentido da luta
A que a vida afinal te conclama.

* malhos = martelos *
"Um grande estímulo na vida é saber que alguém confia em nós e de nós espera grandes coisas." (F.R.C.)

Letra de
Valter Spalding
Alfredo Costa Machado
Jaime Caetano Braum
Aparício da Silva Rillo

Música e Arranjo
Eleonardo Caffi

Baixe o hino
Partitura - Fonte: IL PIACERE DI CANTARE - MÁRIO MICHELON

voltar
Logo Codeca
Logo FAS
Logo Festa da Uva
Logo IPAM
Logo Farmácia IPAM
Logo SAMAE
Logo Procon
Logo Hemocs