Secretarias

Subprefeituras

Conselhos Municipais

Secretaria da Cultura

A+

A-

Projeto e Obras - 1950 a 1954

Na ótica dos empreendedores, nenhum outro local seria mais apropriado do que a entrada da cidade, descortinada pela estrada federal que, há uma década já demonstrava o novo paradigma do transporte rodoviário que se fortaleceria nas décadas seguintes. A elaboração do projeto foi submetida a um concurso, saindo-se vencedor o denominado “Nova Pátria”, do artista plástico pelotense Antonio Caringi. Em 1951, uma oficina completa de cantaria foi montada, cabendo ao arquiteto construtor Sílvio Toigo e ao exímio e reconhecido mestre canteiro, José Zambon, a liderança dos trabalhos.

A obra foi discriminada em relatório final da Comissão Executiva:
Pedra de granito: 1.065,155 m3
Cantaria em geral: 1.156,27 m2
Concreto armado: 107,930 m3
Terra retirada: 44.000m3
Lajes brutas (cripta): 244,20m2
Peso do Obelisco: 603.360 kg
Peso que as 4 colunas podem suportar: 1.520.000 kg
Cripta (parte interna): 246 m2
Largura das escadas: 2 x 1 m
Altura do obelisco: 20,96m
Altura da rua até a base do obelisco: 9,80m
Altura da rua até o alto do obelisco: 30,70m
Altura da cripta: 4,10m
Degraus internos no obelisco: 97
Total de degraus na obra: 145

voltar
Logo Codeca
Logo FAS
Logo Festa da Uva
Logo IPAM
Logo Farmácia IPAM
Logo SAMAE
Logo Procon
Logo Hemocs